You are currently browsing the tag archive for the ‘ilustração’ tag.

blackeyeline

Rooms!

sofa2 A ilustração começou como um hobby, até que a convite do amigo fotógrafo, Alex korolkovas, aceitou ilustrar algumas fotos para um catálogo, e desde então não parou de trabalhar.
Seu trabalho é inspirado em situações pessoais e assim transforma seus desenhos em obra autobiográfica.
Além disso, ela também criou a série fotográfica “piratas da consolação, fotografando todos que apareceram em sua casa durante uma semana, e algumas montagens de quem ela gostaria que tivesse passado por lá também.

piratasPQ

Anúncios

 tche2

 

Marcello D’alia Ruggi – TCHÉ

Começo minhas pesquisas com influência nos desenhos e nas ilustrações com lápis, onde mais tarde migro para o pincel e as tintas e logo o Graffite em 2000. A cenografia dos HQ´s sempre me fascinou, juntamente com seus pontos de câmera, direcionando para o estudo da construção da perspectiva e logo sua descontrução.
Nessa série, dialógo com o espaço e seus elementos visuais dispersos, de onde pertence as vivências do dia a dia no meio urbano, como o trabalho, a casa e outros ambientes, formando circuitos e caminhos.
Visualisando isso de um outro ponto de vista, explorando o site específico com pinturas painéis em paredes, telas e materiais retirados das ruas. Desenhando, pintando e fazendo musica, estudo para informar as pessoas e poder transmitir sensações a partir de simbolos visuais disperços num espaço imaginário.
  

tche1

ju 2

De forma lúdica e traços delicados, Jü Violeta desenvolve seus trabalhos inspirados na natureza. Seus personagens se integram ao meio ambiente e a sua preservação. Atua como representante no Brasil do projeto internacional de Arte Consciente. Desenvolve ilustrações e graffitis no grupo ativista Revolução da Colher em prol ao vegetarianismo.

ju 3

 

 

to6

TOTÓ SEVERO, 34 anos,traz a tona seus trabalhos que tem como pano de fundo a arte sacra, mas não uma arte restrita e tão pouco limitada, pelo contrario ele busca explorar todos os ângulos das identidades e das situações que são ali retratadas. Sua visão critica e seu humor sagaz são em suas obras observados, dando a elas uma estética muito própria, que foca a realidade de um modo perspicaz e criativo.

A soma de sua experiência como tatuador e grafiteiro deram a seus quadros uma expressão única, já que a criatividade toma forma, não importando onde a arte se expresse mas principalmente como ela se manifesta, romper barreiras é necessário para que se ache a medida exata entre a vida urbana e a arte manifestada, e isso pra ele não é problema já que rompe as barreiras da matéria, fazendo arte e pintando nas mais variadas superfícies seja na pele, no muro ou na tela. , e tem como principal motivação mostrar suas mais novas criações, além de proporcionar um canal para que as pessoas possam opinar sobre seus trabalhos. O grafitti tem uma outra importante função que é não limitar o acesso à arte, já que a rua é o quintal do mundo, a intervenção urbana tem sido uma das formas mais utilizadas pelos novos artistas, e TOTÓ SEVERO não fica de fora realizando seus desenhos e executando sua arte, com isso seu grafitti ganha espaço em vários pontos da cidade.

A fé tem papel fundamental em sua pintura, deste muito cedo TOTÓ SEVERO teve contato com as imagens, com as rezas e com os ritos religiosos. Essas influências foram para sua arte fonte de inspiração, que ele vem agora mostrar através de um trabalho maduro e consciente, seu foco realista somatiza a beleza da arte sacra e a realidade vivida atualmente.

l_3a86f8ed134fda733e87eaaeca1c627b

            

                                               

9POLAR (Nueve Polar) nasceu em 2006 em Bogotá (Colômbia), formado por artistas multidisciplinares. Inicialmente se utilizou de técnicas de Street Art e Stencil Art, participando em diversas mostras e concursos.

3813742986_76cc091ced

Em 2007, dois dos seus integrantes, Sergio (aka OIGRES) e Viviana (aka VIVIMAIZ), viajaram ao Brasil e desenvolvem um trabalho em VJ, Stencil Art e Serigrafia nas cidades de Rio de Janeiro e São Paulo.

Hoje em dia, moram em São Paulo e continuan evoluindo nas tecnicas de stencil art e Vj.  Tem sido convivados pra participar em varias seções de pintadas colectivas, ao lado das diferentes galeras de graffiti e stencil em diversos locais da cidade. Continuam na procura de evoluir na sua arte, e continuar criando mensagens no seus trabalhos e intervenções.
Como Vj´s tem projetado em diferentes clubes e festas nas cidades de Rio de Janeiro, São Paulo e Campinas, assim como na Virada Cultural de São Paulo neste 2009.

3812861893_9929f2e9ca

146795_6ywdLl6kV5w8y52oFVBBhbl5T

Um cara obcecado pelo desenho e eternamente interessado nas formas ao redor. Quando moleque , e ainda não escrevia, preenchia todo o espaço vago que encontrava com desenhos. Querendo se transformar logo em um artista , vendeu ilustrações e desenvolveu um trabalho artístico desde muito cedo.

Hoje, após duas décadas correndo de um lado pro outro, entre a publicidade e editoriais, resolveu desvendar seu trabalho autoral para o público do Coletivo Colecionável.

Valew Rodrigo!!!

146795_qpvOqMoNAgDGI6kgRt8eV_1VZ

Bianca Viani e Caio Borges, do Estúdio Onze, são dois ilustradores que estão presentes todos os dias em nossas vidas de forma subjetiva. Seja em revistas, sites e em lugares que você nem imaginaria, eles passaram por lá. Para exposição do Coletivo Colecionável eles estão produzindo trabalhos pessoais, com o tesão de mostrar sua sensibilidade e toda sua relação que tem com a arte. Uma brecada com direito a refresco!!!

Bianca Viani

img_0000000251_01_gd

Caio Borges

img_0000000216_01_gd